O Facebook anunciou nesta última terça-feira (19) um recurso de comércio eletrônico integrado às suas plataformas, para apoiar e incentivar pequenos negócios. Apelidado de Facebook Shops, o serviço estará disponível na rede social principal, além do Instagram e WhatsApp. Assim como em uma loja virtual, as empresas poderão criar um catálogo de produtos, com respectivos preços, e finalizar pagamentos.

A companhia também divulgou que essas contas poderão ser veiculadas aos apps de comunicação instantânea de cada rede social (no caso, o Messenger e Direct) para acompanhamento de entregas, atendimento e suporte aos consumidores.

No blog oficial da empresa foi esclarecido que “qualquer vendedor, não importa seu porte ou orçamento, pode colocar seus negócios online e se conectar com os clientes onde e quando for conveniente”. Essa iniciativa seria uma forma de ajudar negócios diversos a enfrentarem o período da pandemia do coronavírus.

O Facebook Shops começa a ser distribuído imediatamente nos Estados Unidos e deve estar disponível a todos os usuários do país até o final do verão no hemisfério norte (ou inverno por aqui). Não foi informado quando o recurso chegará a regiões internacionais, como o Brasil.

A empresa de Mark Zuckerberg ainda planeja trazer outras funcionalidades nesse sentido, como um botão de compras em vídeos do Facebook e lives do Instagram, que deve surgir somente nos próximos meses.

Fonte: TecMundo / Foto: Pixabay

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui