A Cohapar entregou na última semana, a chave da casa própria para quarenta e duas famílias em situação de vulnerabilidade social, moradoras do município de Sengés. As unidades habitacionais fazem parte do programa Estadual Nossa Gente Paraná que visa à qualidade de vida por meio de moradias dignas. As casas são entregues aos beneficiários sem custo nenhum, pois são financiadas pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

“Para essas famílias, muitas vezes, esse programa é o único meio delas conseguirem uma casa própria e saírem das áreas de risco onde moram”, compartilha o chefe do escritório regional da Cohapar de Ponta Grossa, Ary Ribeiro Filho.

O empreendimento conta com cinco moradias de 49 m², totalmente adaptadas para pessoas com deficiência. As outras 37 unidades são de 31,89 metros quadrados. Todas elas possuem dois quartos, sala, cozinha e banheiro.

FAMÍLIAS CONTEMPLADAS – As pessoas atendidas são as que possuem renda bruta mensal de até dois salários-mínimos e estão previamente cadastradas em programas de assistência social de Sengés. O processo de seleção é feito pelo município que usa como base o sistema de cadastro de pretendentes da Cohapar.

A OBRA – O empreendimento teve contrapartidas do Governo do Estado, com instalações gratuitas da rede de energia elétrica pela Copel e redes de água e esgoto pela Sanepar. E, o município doou o terreno para que a Cohapar construísse as casas e isentou por cinco anos o pagamento do IPTU para as famílias. “As pessoas irão mudar de vida graças à união de esforços dos governos, estamos muito felizes em contribuir para isso”, afirmou o prefeito Nelson Ferreira.

Ele ainda destacou a localização estratégica do novo conjunto. “Muitas das famílias possuem filhos então doamos uma área bem próxima a um Colégio Estadual o que com certeza irá facilitar o dia a dia dessas pessoas”, concluiu o prefeito.

É o caso da beneficiária, Eliete Ferreira da Silva, 27 anos, mãe de cinco filhos. “Ganhar essa casa é poder realizar o sonho de dar um conforto para meus filhos. Onde morávamos antes era complicado deles irem, pois ficava longe a escola e agora temos tudo perto e uma casa de qualidade”, comemora Eliete.

PRECAUÇÃO – A entrega das chaves foi realizada individualmente para evitar aglomerações seguindo protocolo de saúde e segurança determinados pelo Governo do Estado para evitar riscos de contaminação pela Covid-19. Fonte: Aenpr / Foto: Cohapar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui