A Prefeitura Municipal de Santana do Itararé, através da Secretaria Municipal de Saúde, aderiu a campanha “Sinal Vermelho contra a Violência Doméstica”, promovida pela Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) e Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

A ação foi lançada, em todo o país, na última quarta-feira (10), e tem como objetivo prevenir a violência doméstica e familiar durante a crise sanitária decorrente da pandemia do novo coronavírus. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, Luciane Carvalho é muito importante a mulher dispor de mais uma ferramenta de enfrentamento à violência doméstica, considerando o crescente aumento nos números de casos durante o período da pandemia do novo coronavírus.

Ela explica que muitas vezes a vítima não consegue denunciar as agressões porque está sob constante vigilância. O protocolo é: com um “X” vermelho na palma da mão, que pode ser feito com caneta ou mesmo um batom, a vítima sinaliza que está em situação de violência. A vítima deve mostrar a marca aos profissionais de farmácias previamente cadastrados.

Ao ver o sinal, atendentes ou farmacêuticos seguirão protocolos preestabelecidos para lidar com a situação e acionar a Polícia Militar Após a denúncia, os profissionais das farmácias seguem um protocolo para comunicar a polícia e ao acolhimento à vítima. Balconistas e farmacêuticos não serão conduzidos à delegacia nem, necessariamente, chamados a testemunhar. Fonte: Comunicação / Foto: amb.com.br. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui