Em mais um alta, o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB), saltou de 7 para 7.1, entre as medições realizadas em 2017 e 2019, respectivamente. Em 2015 a nota foi 6.8. As informações são do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP). O resultado superou a meta para esse ano em quase um ponto, projetada em 6.2.

Os resultados e metas podem ser conferidos no site ideb.inep.gov.br/resultado. A alta no índice é creditada aos investimentos feitos na Educação e ao trabalho de professores, diretoras, Secretaria de Educação e equipes pedagógicas das escolas.

O Ideb foi criado em 2007 pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, com o objetivo de medir a qualidade do aprendizado e estabelecer metas para a melhoria do ensino.

O cálculo é obtido a partir da taxa de rendimento escolar (aprovação) e das médias de desempenho nos exames aplicados pelo Inep. Os índices de aprovação são obtidos a partir do Censo Escolar, realizado anualmente. As médias de desempenho utilizadas são as da Prova Brasil, para escolas e municípios, e do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb), para os estados e o País, realizados a cada dois anos. Fonte: Blog do Marcos Junior / Foto ilustrativa: Hedeson Alves-SEED. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui