Uma festa on-line seria impensável antes da pandemia. No entanto, professores da rede estadual de ensino mostraram que é possível e promoveram diversos arraiais virtuais com os estudantes, uma forma de quebrar a rotina e manter as festividades tradicionais desta época do ano.

Com a pandemia da Covid-19 as aulas ocorrem de forma remota e muitos professores queriam proporcionar aos estudantes um tempo de qualidade, comemorando uma festa típica da cultura brasileira, utilizando ferramentas virtuais.

Jaqueline Fachin é professora de Arte no Colégio Estadual Euclides da Cunha, do Núcleo Regional de Foz do Iguaçu, e conta que estava abordando fotografia com os alunos quando viu uma possibilidade de também trabalhar a festa junina com sua turma. “Estava estudando fotografias antigas e achei que seria interessante juntar com o momento de festas juninas. A ideia deu muito certo e os alunos aderiram”, conta Jaqueline.

Ela propôs aos estudantes que, em casa, produzissem uma festa junina com a família, que tirassem fotos no estilo de fotografias antigas, mostrando o resultado da ação. “Não precisava ser algo bem produzido, eu quis que eles tivessem um tempo de qualidade com as famílias, mas eles se engajaram e fizeram um ótimo trabalho”, conta.

No Oeste do Estado professores também tiveram essa ideia. A professora Eloísa Antunes, do Colégio Estadual de Educação Profissional de Cascavel, fez com seus alunos um arraial pelo Meet . “Chamei de Arraial do Classroom. A ideia foi, por uma semana inteira fazer, encontros pelo Meet com os alunos caracterizados”, explica a professora. Fonte: Aenpr / Foto: SEED.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui