O Governo do Estado, por meio do Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER/PR), destina R$ 8,4 milhões para melhorias em um trecho de 31,48 quilômetros da PR-518, de Santa Mariana até o Rio Paranapanema, divisa com São Paulo, no Norte Pioneiro.

São serviços de remendos profundos, melhorias no sistema de drenagem, fresagem e reperfilagem descontínua, microrrevestimento e sinalização horizontal, realizados por meio do lote 9 do programa Conservação de Pavimentos (COP) do DER/PR.

“Os maiores beneficiados por estes serviços são os moradores dos distritos de Quinzópolis e Panema, que tem na rodovia a sua principal ligação com Santa Mariana. “Esses moradores podem seguir com segurança e tranquilidade até o município em busca de algum serviço público ou para transportar sua produção agropecuária até a BR-369”, afirma o secretário de Infraestrutura e Logística do Paraná, Sandro Alex.

Nos locais com buracos e defeitos, a base do pavimento é recomposta com uma camada de macadame seco britado preenchido com brita graduada, depois uma nova camada de brita graduada simples, e então uma camada de Concreto Betuminoso Usinado a Quente (CBUQ), seguida pela compactação desse material.

As melhorias na drenagem incluem o desconfinamento lateral, em que uma camada de terra é removida das laterais da pista para facilitar o escoamento de água da chuva, e a instalação de drenos, para lidar com águas subterrâneas.

Em locais mais críticos é realizada a remoção da camada superficial do pavimento, a fresagem, seguida pela reperfilagem, em que uma nova camada de CBUQ é aplicada com uso de uma vibrocabadora. O microrrevestimento consiste na aplicação de uma camada mais fina de material, que ajuda a selar o pavimento e aumenta a aderência dos pneus à pista. Por último, é executada a sinalização horizontal da rodovia, com pintura de faixas e instalação de tachões bidirecionais.

“Os serviços do COP atendem pontos críticos, trazendo soluções de conservação para o pavimento com desgaste ou outras patologias. Nosso objetivo é aumentar o nível de segurança e conforto para os usuários por meio destes serviços rotineiros, que atendem cerca de 8 mil quilômetros de rodovias em todo o Paraná”, explica o diretor-geral do DER/PR, Fernando Furiatti.

MUNICÍPIO – Santa Mariana conta com cerca de 11 mil habitantes e tem na produção agropecuária a sua principal fonte de renda. Além das lavouras de soja, milho, cana de açúcar e trigo, a cidade também conta com lavouras permanentes de café e laranja. Na pecuária e criação de animais, são principalmente aves, bovinos e suínos.

PROGRAMA – O programa COP atende cerca de 8 mil quilômetros de rodovias melhorando as condições de segurança com serviços de conservação pontuais e descontínuos. Somente no lote 9 serão atendidos 348,63 quilômetros de rodovias, um investimento de R$ 59,5 milhões. Fonte: Aenpr / Foto: DER.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui