O Superintendente Geral de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior do Paraná (SETI), Prof. Dr. Aldo Bona, criou o cargo de Coordenador Estadual do Programa Paraná Mais Orgânico  e nomeou o professor Dr. Rogério Macedo para assumir a função. Ele que faz parte do Programa desde a sua criação, está a frente do Núcleo de Certificação da Uenp (Universidade Estadual do Norte do Paraná), localizado no Campi Bandeirantes. 

O Programa Paraná Mais Orgânico (PMO) é uma política pública de apoio à produção orgânica de alimentos criada e mantida pela SETI, por meio de recursos do Fundo Paraná. O PMO completou 10 anos, tendo como foco a formação de recursos humanos e a inovação tecnológica em agroecologia e produção orgânica na agricultura familiar.
Ancorada nas sete Universidades Estaduais distribuídas por todas as regiões do estado e no Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná (IDR-PR), o Paraná Mais Orgânico contribuiu para que o Paraná se tornasse o Estado com o segundo maior número de propriedades certificadas do país. Segundo o portal do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), o Paraná é responsável por 15,54%  dos produtores de orgânicos certificados, sendo ao todo 3.468 propriedades.

Para o professor, o PMO vem buscando a profissionalização e a criação deste cargo executivo tem como objetivo dar sequência e andamento às decisões de tomadas de maneira colegiada, como já vinha acontecendo, porém agora com mais efetividades nas decisões administrativas. “Me sinto honrado por ser nomeado para essa função, criada pela SETI, na coordenação executiva que representa todos os núcleos e equipes do Paraná Mais Orgânico, dentro do que é decidido de maneira coletiva, mas que precisa passar por encaminhamentos práticos e burocráticos, articulações institucionais, enfim, agora cabe a mim agilizar estes processo”, explicou.

O Programa que já passou por diversos Governos, agora se prepara para entrar na próxima fase prevê mudanças. “Estamos nos preparando para uma fase com maior investimento em equipe técnica nos núcleos, a criação de mais um Núcleo de Certificação que será vinculado à UEM e com sede na cidade de Ivaiporã. uma melhor estruturação nos veículos e uma preocupação grande em ampliar o número de atendimento aos produtores para que o Paraná retome a posição de líder nacional de produtores orgânicos certificados”, destacou o novo Coordenador Estadual do Paraná Mais Orgânico. Fonte: Daniani Souza – Assessoria PMO – Foto: Divulgação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui