A Prefeitura de Ibaiti e a Companhia de Habitação do Paraná – COHAPAR está realizando o cadastramento das famílias interessadas em participar do Programa Casa Fácil do Governo do Estado do Paraná e do Programa Casa Verde e Amarela do Governo Federal.

A COHAPAR irá fomentar e incentivar a produção de empreendimentos voltadas às famílias com renda mensal bruta de até três (03), salários mínimos, através de operações de financiamento do âmbito dos respectivos programas.

Os interessados podem acessar diretamente o sistema de Cadastro Online da COHAPAR sem sair de casa de modo prático e seguro. Para participar é necessário preencher um formulário disponível no link https://www.sistemas.cohapar.pr.gov.br/pretendentesOnline/#B

O cadastro é uma ferramenta online, destinada a identificar a demanda habitacional do município, a partir dos dados individuais inseridos no Sistema de Cadastro Habitacional de Pretendentes – SCHaP. Esse sistema é gerido pela COHAPAR e tem a finalidade de verificar a demanda por moradia no município. Os dados inseridos no formulário serão utilizados para a qualificação e hierarquização da demanda habitacional familiar, visando o atendimento através desta política pública, sendo o acesso às informações individuais restrito aos técnicos da companhia.

Para quem não tem acesso à internet, ou que tenha dificuldades em preencher o cadastro online, a Prefeitura de Ibaiti através do Centro de Referência de Assistência Social – CRAS, está realizando o cadastramento de segunda à sexta-feira das 08h30 às 11h30. O CRAS de Ibaiti está atendendo no novo prédio na Rua Jonas Teixeira, nº 404, no Bairro João Edmundo de Carvalho.

O cadastro possui validade de dois anos. Por isso, os cadastros registrados antes de 2019 devem ser feitos novamente. Quem já realizou o cadastro após este período não necessita de renovação.

A abertura para a realização do cadastro no município de Ibaiti só foi possível graças ao empenho da Administração Municipal, através do prefeito Dr. Antonely Carvalho que desde que assumiu, tem se preocupado com o déficit de moradias no município. Fonte: Assessoria / Foto ilustrativa: Gilson Abreu/AEN.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui