Dados da Associação Brasileira de Transplante de Órgãos (ABTO) mostram que, mesmo com a pandemia da Covid-19, o Paraná mantém a liderança em doações de órgãos no primeiro trimestre de 2020.

O número de doações por milhão de população (pmp) no Paraná chegou a 47,2 entre janeiro e março – um crescimento de 10,3% na comparação com mesmo período do ano passado – enquanto a média nacional é de 18,4 pmp. Foram 170 doações efetivas no Estado. Além disso, o Paraná também lidera os transplantes de rim no Brasil, com 48,3 pmp. A média nacional é de 29,0.

“Pensando em evitar a paralisação dos serviços de transplantes e na segurança dos receptores de órgãos e equipes de saúde envolvidas no processo, os potenciais doadores estão sendo testados para a Covid-19 no Paraná”, disse o secretário estadual da Saúde, Beto Preto.

Ele explica que esta medida garante que os transplantes possam acontecer com segurança. “Temos observado que muitos estados não conseguem testar grande parte da população. Aqui no Paraná estamos conseguindo cada vez mais aumentar o número e a abrangência de testagem”

O secretário destacou ainda que o trabalho realizado pelo Sistema Estadual de Transplantes (SET/PR) é indispensável para que os procedimentos continuem sendo feitos com qualidade.

BALANÇO – Segundo o levantamento anual realizado pela Associação Brasileira de Transplante de Órgãos, o Paraná fechou o ano de 2019 como líder em transplantes de órgãos. Ocupa também a primeira posição quanto ao número de transplante renal pelo quarto ano consecutivo.

“O excelente desempenho do Estado é reflexo, primeiramente, da solidariedade das famílias paranaenses em autorizar a doação de órgãos e tecidos dos seus entes queridos e, também, da organização e estruturação do SET/PR, somados à constante capacitação dos profissionais de saúde que atuam no processo de doação e transplante em todas as regiões do Paraná”, disse a coordenadora do Sistema Estadual de Transplantes do Paraná, Arlene Terezinha Cagol Garcia Badoch.

Fonte: Aenpr / Foto: Gustavo Pontes

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui