O Governo do Paraná confirmou o repasse de R$ 19,9 milhões do Fundo Estadual de Saúde para 119 municípios do Estado. Os recursos serão usados em compra de veículos para transporte sanitário, como ambulâncias, automóveis e vans, e também aquisição de equipamentos para as unidades básicas de saúde.

A ação faz parte do pacote de R$ 168 milhões destinado à saúde pública anunciado pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior em dezembro do ano passado. As autorizações integram as resoluções 772/2020 e 773/2020 da Secretaria da Saúde e foram publicadas na edição desta última sexta-feira (05) do Diário Oficial do Estado. São R$ 14,15 milhões para veículos e R$ 5,78 milhões para equipamentos.

Para o governador Ratinho Junior, o investimento reforça a opção da administração estadual pelo atendimento à saúde mais próximo da população.  “O objetivo é fazer com que a saúde chegue mais perto das pessoas. Isso evita grandes deslocamentos, melhora e muito a qualidade de vida da população”, afirmou.

Segundo ele, a estratégia de aproximar o atendimento médico das pessoas tem colaborado também para que o Estado consiga apresentar bons índices em relação à pandemia do coronavírus. Com 6.897 casos confirmados e 237 mortes em decorrência da doença, de acordo com o boletim divulgado neste domingo (07), pela Secretaria da Saúde, o Paraná apresenta um dos menores índices de infecção do País.

“Somente agora são três novos hospitais regionais entregues à população para garantir o atendimento no Interior”, disse o governador. Os hospitais são os de Ivaiporã (Vale do Ivaí), Telêmaco Borba (Campos Gerais) e Guarapuava (Região Central). “Essas unidades ampliam um planejamento que vem desde o ano passado. Esses novos equipamentos servem para agilizar o atendimento médico. Com isso, prestação de serviço para o cidadão ganha ainda mais qualidade”, ressaltou o governador.

Os Hospitais Regionais de Ivaiporã e Telêmaco Borba já estão em funcionamento, voltados exclusivamente para o tratamento de pacientes com Covid-19. O centro médico de Guarapuava, por sua vez, também será dedicado inicialmente ao combate à pandemia e ficará pronto neste mês.

PARCERIA – Secretário de Estado da Saúde, Beto Preto explicou que o investimento nos municípios é fruto de economia de recursos da própria secretaria, com o enxugamento da máquina pública.

Segundo ele, com menos burocracia o Governo ganha maior capacidade para aplicar os recursos naquilo que é essencial para as pessoas. “Sei como é a realidade das cidades do Interior, elas precisam do nosso apoio. Os recursos do Estado do Paraná se transformam em ações efetivas de saúde”, afirmou.

Beto Preto ressaltou, ainda, que os investimentos atendem ações estruturantes e emergenciais, além da renovação tecnológica com a aquisição de novos aparelhos de exames. “As pessoas precisam receber saúde mais próxima das suas casas”, disse.

Fonte: Aenpr / Foto: Dálie Felberg-Alep

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui