Manutenção dos postos de empregos formais no município. É o que apontam os dados do Novo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) para Wenceslau Braz neste primeiro quadrimestre de 2020, que mesmo em meio à grande crise econômica nacional conseguiu manter o número de empregos com carteira assinada.

Divulgado pelo Ministério da Economia nesta semana, os números mostram que Wenceslau Braz começou 2020 com exatos 2.769 postos de empregos formais. Com o número de admissões e demissões nestes primeiros quatro meses, o município chegou a 2.771 vagas de empregos com carteira assinada, havendo portando um saldo positivo de dois postos.

Em um cenário onde boa parte dos municípios brasileiros teve queda nesses dados, ter uma variação positiva é algo a ser muito comemorado. “Nessas horas vemos a força e a decência do nosso comércio e das nossas empresas, que mesmo com diminuição das receitas estão pensando duas vezes antes de demitir um funcionário, e isso nos faz ter um saldo que é pequeno, mas é positivo. Agora é tentar buscar iniciativas que colaborem com nossos empreendedores para que possamos sair juntos desta crise o mais rápido possível”, avalia o prefeito Paulo Leonar.

Diferentemente do que acontecia até 2019, o novo Caged não mostra exatamente quantas demissões e admissões aconteceram no período, trazendo apenas o saldo final com os resultados mês a mês. De qualquer maneira os dados do Ministério da Economia retratam as dificuldades da manutenção dos empregos em todo Brasil, onde os saldos de 2020 são majoritariamente negativos.

Fonte: Assessoria / Foto: Gilson Abreu-AEN

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui