Com pouco mais de 11 mil habitantes, o município de Ventania, nos Campos Gerais, irá receber 84 novas unidades habitacionais. O investimento é de R$ 6,5 milhões do Governo do Estado, por meio do programa Casa Fácil Paraná, e a obra será executada pela construtora Esquadra, contratada via licitação pela Cohapar, que irá fiscalizar o cronograma do empreendimento.

A conclusão das obras está prevista para o segundo semestre de 2021, quando será feita a seleção dos beneficiários entre as famílias inscritas no cadastro de pretendentes da companhia. Até lá, quem tiver interesse em participar do processo seletivo deve se inscrever no site cohapar.pr.gov.br/cadastro.

Podem participar da seleção famílias com renda mensal de um a seis salários mínimos e que não possuam casa própria. A prioridade de atendimento será para famílias com menor renda, residentes em áreas de risco ou situação irregular e pessoas com deficiência, entre outros critérios previstos na lei estadual 20394/2020, que instituiu o programa Casa Fácil como uma política de Estado permanente no Paraná.

De acordo com o chefe do escritório regional de Ponta Grossa da Cohapar, o engenheiro Ary Ribeiro Filho, a obra está em fase inicial. “A construtora está executando a limpeza do terreno e em seguida fará o procedimento de terraplanagem, o que evita problemas na hora da construção”, explica.

RESIDENCIAL – Os imóveis terão modelos de 43 e 47 metros quadrados, além de unidades adaptadas para pessoas com deficiência. Cada casa conta com dois quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço externa. O empreendimento está localizado no centro do município. “O conjunto está logo na entrada da cidade”, explica o chefe regional da companhia.

FISCALIZAÇÃO INTENSA – A equipe de engenharia da Cohapar realiza um acompanhamento semanal do trabalho, com a realização de medições mensais, o que garante mais precisão ao acompanhamento do avanço da obra. Antes do início dos trabalhos, a companhia realizou uma reunião de alinhamento para sanar possíveis dúvidas e prevenir problemas futuros, o que contribui para que o empreendimento seja entregue conforme o planejado. Fonte: Aenpr / Foto: Ary Ribeiro/Cohapar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui