Apucarana já vacinou 24.796 pessoas contra a gripe. A cobertura do público-alvo da primeira etapa da Campanha Nacional de Vacinação foi grande, em especial entre os idosos que atingiu 107% da meta de imunizar 15.227 pessoas com 60 anos ou mais. O número de vacinados nesta faixa etária atingiu 16.341.

Já entre os trabalhadores da saúde, que ao lado dos idosos fazem parte do público-alvo da primeira etapa, foram vacinados 1.587 profissionais, uma cobertura de 80%. A vacinação segue aberta para esses dois públicos até o fim da campanha, no dia 22 maio.

No último dia 16 a oferta, quando teve início a segunda etapa da campanha nacional contra a gripe, as doses da vacina foram estendidas a doentes crônicos, profissionais das forças de segurança e salvamento, caminhoneiros, profissionais de transporte coletivo (motoristas e cobradores) e portuários, povos indígenas, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade, e funcionários do sistema prisional.

A meta em Apucarana é vacinar 11.200 doentes crônicos, dos quais 2.380 procuraram até o momento as Unidades Básicas de Saúde para se proteger contra a gripe. Outras 4.488 doses foram aplicadas, distribuídas entre demais públicos beneficiados nesta segunda etapa, especial entre profissionais de transporte coletivo (motoristas e cobradores) e profissionais das forças de segurança e salvamento.

Para esses dois últimos grupos a Autarquia Municipal de Saúde realizou a estratégia de aplicar a vacina nos locais de trabalho desses profissionais, como o 10º Batalhão da Polícia Militar, 30º Batalhão de Infantaria Motorizado, Grupamento dos Bombeiros, sede da Guarda Municipal e na empresa VAL.

Também foi ofertado sistema drive-thru nas três entradas da cidade, e uma na região central para os caminhoneiros. A iniciativa foi um sucesso, com a imunização de 1.573 motoristas de caminhão em um único dia.

O prefeito Junior da Femac informa que a Autarquia de Saúde segue oferecendo a vacina em 24 Unidades Básicas de Saúde (veja quadro abaixo), de segunda a sexta-feira, de 8 horas às 16 horas. Aos portadores de doenças crônicas devem apresentar comprovante médico da sua morbidade.

A terceira fase da campanha ocorrerá a partir de 9 de maio, para professores, crianças de 6 meses a menores de 6 anos, grávidas, mães no pós-parto, pessoas acima de 55 anos e pessoas com deficiência. A campanha segue até 22 de maio para todos do público-alvo. A meta é vacinar, pelo menos, 90% de cada um desses grupos.

Fonte: Assessoria / Foto: Divulgação PMA

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui