Um senhor procurou a Unidade da Polícia Militar na última semana relatando que tinha interesse em comprar um caminhão para sua distribuidora de gás. Após buscas na internet, entrou em contato com uma mulher para negociar o veículo desejado.

Ela informou que o veículo já havia sido vendido, mas que conhecia um funcionário de uma agência bancária que o ajudaria a adquirir uma carta de crédito contemplada. O Solicitante recebeu e realizou contato com um suposto funcionário de uma empresa de assessória imobiliária e financeira que lhe forneceu informações sobre a carta de crédito.

A vítima informou que realizou um depósito de R$27.500,00 (vinte e sete mil e quinhentos) reais, porém depois de realizar este pagamento o funcionário a empresa disse que ele receberia a carta de crédito no dia 22 de janeiro. Até o momento não atendem mais suas ligações.

Após solicitar informações com a central de atendimentos da agencia bancária em questão, foi informado de que esta empresa de assessória não era parceira deste bando, constatando então que havia caído em um golpe. Fonte: Blog do Marcos Junior / Foto ilustrativa: Divulgação PCPR.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui