O deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB) destacou nesta sexta-feira, 11, a entrega pelo Estado de equipamentos para a Santa Casa de Ribeirão Claro e o Hospital Lincoln Graça, em Joaquim Távora. Em Cornélio Procópio, o governo federal liberou recursos para a Santa Casa, que vai receber três suportes ventilatórios pulmonares. Juntos, os investimentos somam R$ 407 mil e auxiliam no tratamento de pacientes com covid-19.

“Em Ribeirão Claro e Joaquim Távora, foram entregues aparelhos de raio-x, interrompendo um ciclo muito comum na região, de transportar pacientes para realização de exames em outros municípios. Já em Cornélio Procópio, o Ministério da Saúde garante manutenção aos leitos de UTI”, explica Romanelli.

Os suportes ventilatórios funcionam como uma espécie de “semi UTI”. Os pacientes que necessitam de oxigênio e intubação são mantidos nesses suportes, até que haja vaga disponível na UTI (Unidade de Terapia Intensiva). É uma medida importante para garantir que o paciente resista com o oxigênio, antes de ser intubado. Os recursos somam R$ 129 mil e vão ajudar no tratamento de pacientes infectados pelo coronavírus.

Cidades – A Santa Casa de Ribeirão Claro recebeu R$ 230 mil para a aquisição de um aparelho para exames de raio X. A prefeitura investiu outros R$ 19 mil para complementar o valor do equipamento, que já está em funcionamento. O aparelho pode realizar cerca de 30 atendimentos eletivos diários e ficará disponível 24 horas para exames de urgência e emergência.

O prefeito de Ribeirão Claro, João Carlos Bonato (PSD) destacou a parceria com o Estado para investimento no município. “A instalação deste aparelho é de grande valia, pois os pacientes precisavam se deslocar até Jacarezinho para realização de exames. Com isso teremos uma redução nos custos de transporte e muito mais conforto para os pacientes”, disse.

O Hospital Lincoln Graça, de Joaquim Távora, recebeu R$ 48 mil para a aquisição de um respirador portátil. O prefeito Reginaldo Vilela (Pode) anunciou ainda que outros dois respiradores completos foram comprados pela prefeitura para reforçar ainda mais o atendimento no hospital. “Um aparelho importante para salvar vidas e ajudar na recuperação de pacientes, caso não seja necessário o internamento na UTI. O respirador pode ser utilizado tanto na ventilação mecânica, como na intubação de pacientes”, disse Romanelli. Fonte: Assessoria / Foto ilustrativa: Rodrigo Felix Leal-AEN.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui