A Secretaria Municipal de Segurança Pública (Sestran) tem um saldo de conquistas dos mais positivos no balanço dos últimos quatro anos. A avaliação é do secretário Paulo Argarti, para quem os avanços começaram na valorização dos profissionais, sobretudo a Guarda Municipal de Arapongas (GMA). “Antes de 2017, tínhamos um efetivo desmotivado. A atual gestão deu um novo ânimo aos nossos GM’s, através da valorização, atenção e investimentos”, afirma.

Entre as principais conquistas estão aquisições de armamento e cursos para todo a GMA – tornando todo o efetivo armado; pistolas e carabinas CTT.40 para o enfrentamento da criminalidade; compra de novas viaturas; novos uniformes – tanto para a GM como para os Vigilantes Municipais; novos equipamentos não letais; novos coletes balísticos; dois cães para o Canil Integrado junto à 7ª CIPM; aquisição de etilômetros; implantação do ‘Talonário Eletrônico’ para preenchimento de notificação e toda a informatização do Sistema de Notificação; aquisição de rádios digitais, sendo 10 móveis e 42 portáteis”, destaca Argati.

A capacitação dos GM’s também foi destaque. Tiveram cursos votados aos agentes de trânsito, instruções de armamento e armeiro. Além de projetos e serviços para a qualidade da segurança em Arapongas, como desenvolvimento do projeto para a construção da sede da Escola para curso de formação da GM; instalação do botão do pânico para as vítimas de violência doméstica; convênio firmado com a SESP para acesso ao banco de dados de todo o Paraná, revitalização o prédio sede da GMA, reativação do Módulo Policial na Zona Sul, construção de Módulo Policial em Aricanduva e região do Cj. Flamingos; recuperação de 20 câmeras de vídeo monitoramento, integração ao sistema de monitoramento da GMA – com 16 novas câmeras instaladas no Espaço Cultural Milene e desenvolvimento do APP 153 da Guarda Municipal – facilitando a integração com a população.

Argati ressalta ainda o desenvolvimento do programa de registro de armazenamento de ocorrência do Smartphone para otimização dos serviços e a implantação do Centro de monitoramento de alarmes dos prédios públicos que são coordenados pelos vigilantes municipais – com sede na Praça Mauá.

TRÂNSITO – O setor recebeu investimentos na aquisição de cinco novos semáforos instalados em pontos estratégicos, investimento de mais de R$ 1 milhão para sinalização viária, implantação da Escolinha de Trânsito em parceria com a Polícia Militar, Viapar e Instituto Renault. “ Em 2020, tivemos uma redução nos acidentes de trânsito, especialmente entre abril e maio – com a pandemia da Covid-19 e maior isolamento social”, explicou Argati.

DESAFIOS – Conforme o secretário, com a pandemia da Covid-19 os serviços da segurança pública aumentaram. “Além dos serviços rotineiros, como os de combate à criminalidade, trânsito, entre outros, estamos dando suporte nas situações que envolvam a pandemia, bem como fiscalizações, orientações e reforço nos patrulhamentos. Tudo para manter a segurança em dia, em tempos tão atípicos”, enfatizou.

PARA 2021 – A integração entre as Forças de Segurança é um dos principais caminhos a serem reforçados para o ano que vem, juntamente com a elaboração de Plano Municipal de Segurança 2021, retomada das ações educativas de trânsito assim que possível, a intensificação de presença nos bairros e retorno do Patrulhamento Comunitário. “A segurança não para. Temos estruturado projetos e ações para o ano que vem, contudo ainda estamos em pandemia. Por isso, tudo será feito de acordo com as possibilidades, nos adaptando sempre a esse novo normal, sem deixar de lado a nossa principal função: a segurança pública de qualidade, diminuindo os índices e fortalecendo o setor”, finaliza Argati. Fonte: Comunicação / Foto: Divulgação PMA.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui