O prefeito Junior da Femac anunciou nesta última terça-feira (7) que a Prefeitura de Apucarana, por meio da Autarquia Municipal de Saúde está comprando 1.000 testes rápidos para coronavírus. “O nosso objetivo é reforçar o trabalho desenvolvido no pronto atendimento da AMS, junto a pacientes que estão sendo monitorados, com suspeita de contágio pelo Covid-19”, informou.

Conforme revelou Junior da Femac, os testes rápidos são de origem chinesa e homologados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária  (Anvisa). “O Município vai investir cerca de R$ 100 mil para a aquisição dos testes rápidos que irão contribuir para dar maior agilidade no tratamento das pessoas com suspeita do coronavírus”, justificou o prefeito.

RESERVA DE LEITOS – A partir de entendimento que vem mantendo com a saúde pública de Apucarana, a direção do Hospital da Providência comunicou nesta terça-feira (7), que já tem reservado 50 leitos específicos para os casos da pandemia do coronavírus.

A informação foi confirmada pelo prefeito Junior da Femac, após conversa mantida com a diretora geral do Hospital da Providência, Irmã Geovana Ramos. Conforme revela ele, estão reservados, em ala isolada, vinte e dois leitos clínicos e mais dez na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), no Hospital da Providência. E mais, dez leitos de clínica geral e quatro de UTI, no Hospital da Providência Materno Infantil.

“É importante ressaltar que o Providência atende uma clientela de âmbito regional; e que o Materno Infantil é referência no Paraná em gestação de alto risco e como UTI neo-natal, com uma amplitude ainda maior”, observa  o prefeito.

Fonte: Assessoria / Foto: Divulgação PMA

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui