A Vigilância Sanitária fiscalizou estabelecimentos comerciais, festas e uma área rural da cidade no último final de semana (18,19 e 20). Esta é a segunda semana consecutiva de ações de fiscalização após a publicação do decreto 385/2020, que prevê que os estabelecimentos encerrem as atividades às 22 horas.
Segundo o diretor do departamento de Vigilância de Saúde, Rodrigo Januário, na sexta-feira quatro estabelecimentos foram autuados por não encerrarem o expediente às 22 horas e receberam multa de R$8 mil e, caso haja reincidência, o valor pode dobrar. A fiscalização aconteceu nas principais avenidas do Cambé V, Ana Rosa, Santo Amaro e Monte Castelo e nas marginais das rodovias PR 445 e BR 369.
No último sábado, duas casas foram autuadas por estarem promovendo festas. Segundo Katiane Ferreira, fiscal de Posturas, uma das casas é um imóvel exclusivo para locação, no Jardim Alto do Paraíso. O proprietário, que estava promovendo a festa, também foi multado em R$ 8 mil. A outra casa, localizada no condomínio Morada das Flores, era particular e os presentes foram dispersados. Ambas as situações foram a partir de denúncias encaminhadas pela Polícia Militar.
O Patrimônio Lorena – localizado na Estrada do Caramuru – também foi local de fiscalização por conta dos visitantes que frequentam a “Cachoeira do Xuxu”. No úlimo sábado e no domingo (20), cerca de 400 pessoas foram orientadas a não irem ao local. A região permanece interditada e sob monitoramento. Fonte: Comunicação / Foto ilustrativa: Ari Dias-AEN.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui