A Capitania dos Portos do Paraná (CPPR) realizou Ações de Fiscalização do Tráfego Aquaviário no Rio Itararé, nas proximidades da Represa de Chavantes na divisa do Paraná com o Estado de São Paulo entre os dias 6 e 9 de maio.

Além disto, os Inspetores Navais inspecionaram marinas e escolas náuticas nos municípios de Carlópolis e Ribeirão Claro. O foco da ação foi orientar a população para minimizar a possibilidade de acidentes com o esclarecimento das normas de segurança da navegação para garantir salvaguarda da vida humana e prevenir a poluição hídrica a partir de embarcações.

A ação de fiscalização verificou a regularidade de obras relacionadas à segurança da navegação, como rampas de lançamento de embarcações, instalação de tanques de combustível para abastecimento e conferência documental dos clubes, associações e empresas de guarda e manutenção de lanchas e motos aquáticas.

As equipes de Inspeção Naval realizaram ainda medidas de conscientização junto à população no combate à disseminação do Covid-19 com orientações sobre a higienização das mãos, uso de equipamentos de proteção individual nas interações pessoais, como máscaras e luvas; além da desinfecção simples de objetos de uso comum.

A região do Norte Pioneiro do Paraná tem uma forte tradição de navegação desde a construção da Usina Hidrelétrica de Chavantes nas décadas de 60 e 70. O lago formado pela barragem ocupa uma área de aproximadamente 400 quilômetros quadrados, sendo utilizado para pesca e atividades náuticas de esporte e recreio.

Fonte: Assessoria / Foto: Divulgação

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui