Perto de somar 4 mil exames, entre laboratoriais e rápidos, Apucarana realiza testes para o Covid-19 acima da média do Paraná. O número de pessoas testadas é de 3.888, sendo 2.732 de testes rápidos, 780 de PCR do Laboratório Central do Estado (Lacen) e 376 de PCR em laboratórios particulares.

Conforme afirma o prefeito Junior da Femac Apucarana é uma das cidades que mais testam no Paraná. Em Apucarana são feitos 28,85 testes para cada mil habitantes (fonte AMS). No Paraná 11,68 testes por mil habitantes (fonte SESA) e a média nacional é de 6,96 testes para cada mil habitantes (fonte ourworldindata.org). A cidade atingiu hoje 300 casos confirmados do Covid-19, sendo 201 confirmados pelo exame PCR e 99 testes rápidos.

De acordo com o prefeito o protocolo adotado pela Autarquia Municipal de Saúde (AMS) é de testar todos os contatos do paciente com exame positivo para o Covid-19, seja na família, no trabalho e outros possíveis locais que tenha mantido proximidade com pessoas. “Assim ficamos sabendo onde o vírus está circulando e fazemos o isolamento, evitando assim a disseminação do contágio da doença. A realização de testes rápidos comprados pela prefeitura e distribuídos pelo Governo do Estado tem sido, junto com o Pronto Atendimento do Coronavírus, um diferencial nesta luta contra o Covid–19”, avalia Junior da Femac.

Além de testar as pessoas que buscam o sistema de saúde com sintomas, a Autarquia Municipal de Saúde já realizou testes na Guarda Municipal e agentes de trânsito (2 vezes), SAMU (2 vezes), UPA (2 vezes), Hospital da Providência (3 vezes), fiscais da vigilância sanitária (2 vezes), Delegacia da Mulher, 17ª Subdivisão Policial, 10º Batalhão da Polícia Militar, Secretaria Municipal da Mulher e Secretaria Municipal da Assistência Social.

Segundo a Autarquia Municipal de Saúde (AMS), o número de testes rápidos leva em conta os resultados de farmácias e laboratórios privados, que também começaram a fazer essa modalidade de testagem nas últimas semanas. A notificação é obrigatória.

O teste realizado pelo Lacen e particulares chamado de RT-PCR detecta o RNA (da molécula) do SARS-CoV-2 na amostra analisada, preferencialmente obtida de raspado de nasofaringe. Já o teste rápido é baseado na sorologia e verifica a resposta imunológica do corpo em relação ao vírus. Isso é feito a partir da detecção de anticorpos IgG e IgM a partir da amostra de sangue do paciente. Fonte: Assessoria / Foto: Divulgação PMA.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui